NÚCLEO DE ANÁLISES DE ALIMENTOS

SOBRE

O Núcleo de Análises de Alimentos (NAL) foi criado com os objetivos de suprir a carência pelo controle de qualidade de alimentos demandada por indústrias, ampliar e consolidar conhecimentos científicos na referida área e formar recurso humano qualificado. Atua no âmbito da físico-química, bioquímica, microbiologia e análise sensorial de alimentos visando agregar esta esfera de conhecimento à interface universidade-empresa-qualidade-sociedade. O NAL se projeta no Rio de Janeiro como o único núcleo analítico e molecular de referência nos setores privado e acadêmico, inserindo no mercado pessoal e serviços qualificados para atividades técnico-científicas voltadas à área de alimentos.

GALERIA

Completo. Gigante. Único.
Conheça mais sobre os nossos laboratórios associados.

Coordenação

Carlos Adam Conte Junior

Professor Doutor Carlos Adam Conte Junior desenvolve atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão no Departamento de Bioquímica do Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pesquisador Produtividade em Pesquisa (PQ) do CNPq (2013-2021), Cientista do Nosso Estado (CNE) da FAPERJ (2014-2020) e Vice-coordenador do Programa de Pós-Graduação (PPG) em Ciência de Alimentos da UFRJ (2019-2021). Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Fluminense (UFF), aperfeiçoamento em Emergencia Infecciosa pela Real Academia Española de Medicina (RANM), especialização em Master in Nutrition pela Stockholm University (SU), M.Sc. em Ciência de Alimentos pela UFRJ, doutorado em Higiene e Processamento Tecnológico de Produtos de Origem Animal (POA) pela UFF, Ph.D. em Ciencias Veterinarias pela Universidad Complutense de Madrid (UCM) com período sanduíche na Vrije Universiteit Medisch Centrum Amsterdam (VUmc), pós-doutorado pelo Karolinska Institutet (Suécia) e pós-doutorado pela University of California (USA). Publicou mais de 230 Artigos Científicos em Periódicos Nacionais e Internacionais indexados, 153 Trabalhos em Congressos Nacionais e Internacionais, 13 Capítulos de Livros Nacionais e Internacionais e 1 Patente. Seus Artigos Científicos apresentam mais de 2.400 Citações (índice h = 26; i10 = 75). Orientou/supervisionou mais de 120 alunos/pesquisadores, sendo 9 Pós-doutores, 18 Doutores, 31 Mestres, 1 Especialização, 26 Bolsistas de Iniciação Científica, 4 Bolsistas de Extensão e 36 Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação. Vários desses orientados são atualmente professores e/ou pesquisadores em Universidades Públicas Nacionais (UFF, UNESP, UFBA, UFMT, UFOB, IFPB e IFAL) e Internacionais (UK e UNMSM), Institutos de Pesquisa (FIOCRUZ e EMBRAPA), Órgãos do Governo (MAPA, ANVISA e Exército), Empresas Nacionais (JBS e Rica) e Internacionais (Canopy Growth e Golden Ears Cheesecrafters). Interagiu com mais de 550 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Mantém colaborações internacionais com a University of California (Davis), Washigton State University e University of Kentucky (USA), Ghent University (Belgium), University of Copenhagen (Denmark), Agriculture and Agri-Food (Canada), Universidad Complutense de Madrid e Centro Tecnológico de la Carne (España), University of Fort Hare (South Africa) e Universidad Nacional de San Marcos (Perú), com diversas publicações em conjunto. Líder de dois grupos de pesquisa no CNPq. Organizou 9 e Ministrou 22 Conferências/Palestras em Eventos Nacionais e Internacionais. Membro do Corpo Editorial da PeerJ (IF: 2.118) e outros 3 periódicos científicos nacionais e internacionais. Revisor da Emerging Infectious Diseases (IF: 7.422) e outros 27 periódicos científicos nacionais e internacionais. Prêmio Destaque em Pesquisa pelo CRMV-RJ (2015) e mais 32 Prêmios e/ou Títulos Nacionais e Internacionais. Membro da American Society for Microbiology (2017-2019), da American Dairy Science Association (2016-2019) e da American Meat Science Association (2018-2019). Consultor "Ad-Hoc" da FAPERJ, FAPEMIG, FAPESB, FACEPE, CNPq, CAPES, PROEX (UFF), PROPG (UNIRIO) e NSF (USA). Coordenou ou participou em mais de 26 Projetos de Pesquisa com Financiamento de Empresas Privadas (Ambev, Pepsico e Petrobrás) e Agências de Fomento como FAPERJ, FAPESP, CNPq, CAPES, UFF (PROPPI e PROEX), ALBAN (União Européia) e National Science Foundation (USA).